Buscar

Santo André dá pontapé para mudar Marco Regulatório

Fonte: DGABC

A Prefeitura de Santo André promoveu ontem o primeiro encontro, de uma série de quatro reuniões agendadas para este fim de semana, que irá apresentar à população a atual legislação da cidade. A iniciativa busca mudar o atual Marco Regulatório da Política Urbana do município, com base nas demandas apresentadas pelos próprios moradores, em relação a temas como habitação, infraestrutura, saúde, educação e saneamento. As mudanças serão realizadas pelo poder público no plano diretor da cidade, na Lei de Zoneamento, no Código de Obras e Edificação e em outras leis específicas.

Hoje, ocorrem mais dois eventos abertos ao público, que contam com transmissão ao vivo para quem não puder comparecer. A primeira reunião está agendada para o início da manhã, na associação dos servidores do Semana, das 10h às 12h, e na parte da tarde na quadra do Santuário Senhor do Bonfim, das 16h30 às 18h30. Amanhã, o seminário será realizado no terminal do trem turístico, em Paranapiacaba, das 10h às 12h. Os munícipes poderão apresentar suas sugestões, demandas e solicitações a partir de janeiro, em audiências públicas que serão realizadas em 15 territórios da cidade.


O seminário realizado ontem, no Paço Municipal, contou com a participação de servidores públicos e autoridades de Santo André, como o prefeito em exercício, Luiz Zacarias (PL), o presidente da Câmara Municipal, Pedrinho Botaro (PSDB), e o superintendente da Upae (Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos) da Prefeitura, José Police Neto.

Durante o evento, Luiz Zacarias destacou a importância do projeto para a cidade. “Nesses encontros poderemos ouvir quais são as demandas da população em relação à cidade, e entender o que os moradores precisam do poder público para, assim, planejar o município para o futuro e para as próximas gerações”, afirmou o atual chefe do Executivo.


DESAFIOS Sobre a iniciativa, o presidente da Câmara também destacou a importância de ouvir a população para construir novas propostas. “Sonho cada vez com uma cidade que podemos construir juntos, com a contribuição de pessoas reais e suas vivências. Cada um sabe dos desafios que são enfrentados diariamente, e como poder público entendemos a necessidade de rever políticas públicas e algumas leis para poder aproximar a populção do seu território”, comentou Pedrinho Botaro.

O superintendente da Upae, José Police Neto, explicou o objetivo dos três encontros que serão realizados entre hoje e amanhã. “A jornada desses três dias tem o propósito de levar informação e dados de qualidade sobre a realidade da cidade para a população. É um momento de oferta de informações, que ficaram muitas vezes restritas ao setor público. Ninguém conhece seu bairro melhor que o próprio morador, por isso a participação dos cidadãos é tão importante”, finalizou o superintendente.