top of page
Buscar

Sistema oferece agilidade e modernidade na gestão da alimentação escolar


A tecnologia possibilita variar as combinações de alimentos e diminuir desperdícios


Oferecer uma alimentação escolar saudável e rica em nutrientes contribui com a aprendizagem e desenvolvimento de crianças e adolescentes. Com objetivo de garantir refeições com qualidade, as Secretarias de Educação do país estão investindo em sistema de gestão da alimentação para modernizar e otimizar os processos desde a elaboração dos cardápios até a prestação de contas.


Para atender essa demanda e superar os desafios de logística de alimentos em determinadas regiões, a Digix, empresa de tecnologia, desenvolveu o Cheff Escolar, software que proporciona praticidade, economia, rapidez, controle e segurança na administração da alimentação escolar.


Reconhecido em todo o Brasil, é o único software que realiza a gestão do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) e atestado através de certidão emitida pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES).


Essa tecnologia vem sendo uma grande aliada das escolas que precisam otimizar o processo de organização da alimentação, fazer cálculos e elaborar planilhas e documentos para estabelecer os cardápios e fornecer a alimentação dos estudantes.


O sistema também garante a variação de combinações de alimentos, seguindo as recomendações nutricionais estabelecidas em lei, diminuindo o desperdício, valorizando os hábitos e a cultura alimentar da região, além de sugerir refeições com base nas preferências dos estudantes, contemplando também os que possuem restrições na alimentação.


Além disso, permite o gerenciamento e controle da alimentação escolar, a distribuição de recursos financeiros, a determinação dos valores per capitas, a elaboração dos cardápios, o gerenciamento de custos, tornando a gestão mais transparente, eficiente e ágil.


O Cheff Escolar ainda garante a transparência dos processos através do monitoramento da execução dos contratos e a prestação de contas, auxilia na compra de produtos cultivados pela agricultura familiar, acompanha as licitações em andamento e ações realizadas em cada escola. Além de facilitar a elaboração de licitação e chamadas públicas para a agricultura familiar, gerando automaticamente os documentos e automatizando o cálculo dos repasses financeiros para as escolas a partir do Censo Escolar.


O sistema possibilita, ainda, acessar todas as informações referentes à execução física e financeira do Programa de cada escola, por período específico ou por exercício financeiro, tais como: número de alunos atendidos, valores transferidos por fonte de recurso; cardápios utilizados; receita e despesa; quais alimentos foram adquiridos, separados por iniciativa privada e agricultura familiar; custo per capita dos alimentos e preparações, informações estas, precisas e importantes para o direcionamento adequado das ações.


A nutricionista da Coordenadoria da Alimentação Escolar (SED-MS), Adriana Rossato, pontua que a utilização do software possibilitou às equipes escolares terem mais tempo para focar no ensino dos alunos, concentrando esforços na parte pedagógica, além de garantir o acesso do aluno da escola pública à alimentação nutricionalmente adequada.


“As escolas perdiam muito tempo no processo de organização da alimentação escolar, trabalhando com cálculos, planilhas e documentos, para poder estabelecer os cardápios e fornecer a alimentação dos estudantes. Hoje, com a ajuda da tecnologia, isso mudou, otimizando os fluxos nas escolas e garantindo refeições de qualidade a todos os alunos, sem prejuízos”, pontua.

Saiba mais no site da Digix: https://cheffescolar.com.br/


Comentários


bottom of page