top of page
Buscar

Regularização fundiária e saúde são focos do Território 13

Segunda audiência do Parque Miami também apontou demandas de cultura, esporte e lazer; plenária foi refeita por problemas técnicos da audiência realizada no dia 15 de março

Fonte: UPAE


No dia 20 de abril, véspera do feriado de Tiradentes, a Prefeitura de Santo André, por meio da Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos – UPAE, realizou audiência pública para debater a revisão do Marco Regulatório da Política Urbana com os moradores do território 13. A região é formada pelos bairros Parque do Pedroso, Miami Riviera, Recreio da Borda do Campo, Três Divisas e Waisberg.


55 pessoas participaram da plenária. Ao todo, 13 pessoas se manifestaram para apontar alguns problemas da região. Entre as principais demandas, destaque para processos de regularização fundiária e de esgoto, melhorias na área da saúde e mais oferta de opções de esporte, lazer e cultura.


Na opinião de Douglas Eduardo Pianelli, a região precisa de mais atenção do poder público em ações de regularização fundiária, segurança e oferta de atividades culturais. “Aqui o esgoto é cobrado de todos, mas 85% do esgoto da nossa comunidade é descartado na represa (Billings) sem nenhum tipo de tratamento. Pedimos atenção da Sabesp e do Semasa sobre essa questão. Não tem cabimento cobrar por um serviço que não é realizado”, reclamou Pianelli. “Também precisamos urgente de redutores de velocidade. Estão acontecendo muitos acidentes. Toda semana tem um atropelamento. As faixas de pedestres estão muito apagadas e a sinalização é insuficiente”, completou o morador.


Para o padre Luis Carlos, da Paróquia Nossa Senhora Guadalupe, a falta de segurança também está associada à falta de oportunidades. “Precisamos de programas bem estruturados de ressocialização de ex-detentos. Defendemos que essas pessoas possam ter mais oportunidades de conseguir um emprego depois de cumprirem suas penas”, defendeu o padre.


Danilo Diogo, morador há 41 anos do Parque Miami, apontou carências na área da saúde. “Precisamos urgente de mais médicos no nosso posto de saúde (UBS Parque Miami). A comunidade sofre muito com a falta de médicos. As mulheres, por exemplo, não têm ginecologista e outros especialistas, e isso impede todo acompanhamento necessário de prevenção de doenças”, apontou Diogo.


Joelson Souza Santos pediu atenção da Sabesp e Prefeitura sobre obra de implantação de rede coletora de esgota na Rua Pintassilva, no Parque Miami. “Só estão fazendo a rede nas casas de um dos lados da rua. Como isso é possível? Precisa fazer da comunidade toda”, defendeu Santos. “Também precisamos de uma praça em frente à comunidade. A praça já existia, mas foi ocupada por obras da Prefeitura e nunca mais devolveram nossa praça”, cobrou o morador.


Josemar da Silva Pinto, também morador do Parque Miami, agradeceu o apoio da Secretaria de Saúde pelo atendimento encaminhado pela população sobre reparos na UBS do bairro. “Gostaria de agradecer o secretário de saúde, Police Neto, por ter recebido nosso pedido de reparo do telhado do posto de saúde. Com as chuvas do começo do ano, o telhado do posto teve vários vazamentos e a comunidade vinha cobrando isso da gente”, pontuou. Josemar também sugeriu outros usos para a escola que recebeu a plenária. “A EMEIEF Machado de Assis poderia ter mais atividades de esporte, lazer e cultura. Com a falta de equipamentos desse tipo na nossa região, a escola poderia ter oficinas nessas áreas, principalmente para as crianças”, sugeriu.


Para Diego Cabral, coordenador do Programa Santo André 500 Anos, a audiência complementar no Parque Miami possibilitou receber novas contribuições da população. “Com o cancelamento da plenária que fizemos aqui (Parque Miami) em março por conta de problemas técnicos, tivemos a oportunidade de escutar e acolher novas demandas dos moradores. E isso vai permitir acertarmos com maior precisão na revisão do Marco Regulatório dessa região”, disse Cabral.


A próxima audiência de revisão do Marco Regulatório será realizada no dia 26 de abril (terça-feira), a partir das 19h, na Paróquia Santo Antônio, localizada no Largo São Francisco, 113 (Vila Alpina). Todas as audiências estão sendo transmitidas ao vivo pelos canais do Facebook e Youtube da Prefeitura de Santo André. Mais informações sobre a revisão do Marco Regulatório: https://www.santoandre500anos.com.br/marco-regulatorio

Comentarios


bottom of page